parabéns otomes!!!

Posted by : hewerton borges
sábado, 8 de março de 2014

bem, vou tentar falar sobre alguns ícones femininos.
a primeira será a princesa Turandot

Turandot é uma opera italiana que conta a historia de uma princesa chinesa, a obra é de Puccini porém ficou inacabada, então Franco Alfano propôs um final para a opera.
a peça apresenta um magnifico cenário dos impérios chineses e como enredo fala da princesa Turandot, uma moça que odeia todos os homens e jura que nunca se entregará aos braços de um, isso porque os tártaros invadiram um dos impérios chineses e estupraram e mataram uma princesa. porém como toda dinastia o pai de Turandot, Altum, a obriga a se casar para dar continuidade a seu reinado, relutante Turandot propõe um desafio, ela irá fazer três enigmas, o homem que acertasse os três teria a mão dela em casamento, se errasse um dos enigmas o mesmo pagaria com a vida. um príncipe da  Pérsia decide se arriscar e erra os enigmas e é executado sobre o luar, a princesa da o sinal ao carrasco e ele decepa a cabeça do príncipe, antes de morrer o príncipe fica ludibriado pela beleza da princesa. todos na cidade se reúne para ver a execução e no meio do povo esta um imperador destronado dos tártaros que reencontra seu filho e sua criada, esse príncipe desconhecido vê a fria e cruel Turandot e se apaixona por ela, e decide fazer o desafio.
ao saberem da ousadia do príncipe desconhecido todos tentam faze-lo mudar de ideia até a pai de Turandot mas mesmo assim ele continua firme. ao encontrar Turandot ela fala a ele: " neste palácio, já faz mais de mil anos, um grito desesperado ressoou; e aquele grito, da flor da minha estirpe, um eco eterno na minh'alma deixou... estrangeiro desiste! os enigmas são três, a morte é uma."
e mesmo assim ele não desiste, então Turandot expõe seu primeiro enigma:
- qual é o fantasma que nasce todas as noites, apenas para morrer quando chega a manhã?
- é a esperança diz o príncipe.
- sim, a esperança que ilude sempre! diz Turandot com ironia
- o que é quente e vermelho como chama, mas não é chama?
- o sangue, diz o príncipe
nesse momento a princesa fica abalada e percebe como esse estranho é igualmente frio e egoísta como ela
então ela faz a ultima pergunta
- qual o gelo que te faz pegar fogo?
- e ele responde: Turandot
acertando as três perguntas Turandot fica incrédula e mesmo assim se recusa a se entregar a ele.
então o príncipe desconhecido decide fazer uma proposta
se a princesa acertasse o nome dele, ele entregaria sua cabeça ao carrasco. ela tem até o amanhecer para descobrir
então a princesa põe todos da cidade para descobrir o nome dele, ninguém dormia, todos corriam pela cidade investigando até que descobrem que o príncipe estava acompanhado, então Turandot vai atrás da criada do rei, Liù, ela a tortura ate a morte mas ela nada diz, uma das mortes mais comoventes ja vistas em operas.
o dia amanhece com o rei chorando sobre o cadáver de sua doce e bondosa Liù.
Calaf, o príncipe desconhecido encontra Turandot, eles ficam a sós, e ela se revela humilde, então ele a revela seu nome, recompondo sua honra os guardas veem para levar o príncipe, mas na hora da princesa falar o nome de Calaf, ela fala que o nome dele é "Amor".









0 comentários:

Copyright © 2012 Bakas em Tokyo | Another Theme | Designed by Johanes DJ